A vacina contra gripe (influenza) pode ser feita a partir dos 6 meses de idade (vacina pediátrica) e todo ano tem sua composição atualizada pela Organização Mundial de Saúde. É uma vacina de vírus inativado e fragmentado, incapaz de causar a doença. A eficácia desta vacina vem aumentando, com a vacina específica para o Hemisfério Sul, sendo cada vez mais prescrita pelos médicos. A partir de 2015, temos disponível as vacinas trivalente (composta por um vírus A - H1N1, outro vírus A - H3N2 e um vírus B) e a vacina tetravalente (composta por um vírus B a mais que a trivalente), que tende a ser mais eficiente.

Numa primeira vacinação, crianças de 6 meses a 2 anos e 11 meses devem receber duas doses da vacina de 0,25ml com intervalo de um mês; e crianças de 3 a 8 anos e 11 meses devem receber duas doses da vacina de 0,5ml com intervalo de um mês. Se já tiverem recebido em algum ano as 2 doses, fazem apenas uma dose da vacina nos anos posteriores (independente do tipo de vacina recebida anteriormente).
Para crianças acima de 9 anos de idade e adultos é necessária uma única dose de 0,5ml da vacina anualmente.

A gripe é causada pelo vírus influenza, é altamente contagiosa, tem início súbito e provoca febre elevada, dores musculares, fraqueza e indisposição, cefaléia, coriza abundante, tosse e dor de garganta e, conseqüentemente a falta à escola ou ao trabalho. Existem vários outros vírus que causam diversas infecções respiratórias, entre eles o resfriado, para o qual não existe vacina.

Consulte nosso calendário vacinal.

< Voltar